O QUE É HOSPEDAGEM DE UMA LOJA VIRTUAL

Para entender o que é a hospedagem do site, vamos a um exemplo prático. Imagine que você abriu uma empresa e todas as questões burocráticas estejam prontas. Tudo que falta agora é alugar um espaço para que seus produtos comecem a ser comercializados. No que diz respeito às lojas físicas, tudo que você tem a fazer é escolher onde será o estabelecimento, comprar ou alugar o espaço e dar início às vendas.

Já no mundo do e-­commerce, tudo funciona de uma forma bastante parecida. É necessário alugar um espaço na rede, que é a internet, para que todos os seus arquivos sejam armazenados, incluindo o seu website.

Para que as pessoas digitem o seu endereço e encontrem o seu site é preciso que ele seja disponibilizado por um servidor, que fornece a hospedagem da loja virtual.

A partir do momento em que uma empresa faz essa contratação, está adquirindo um plano de hospedagem de sites, algo parecido com um ponto comercial online. Entretanto, esse espaço está completamente vazio no momento da aquisição.

O QUE UMA HOSPEDAGEM DE E-COMMERCE PRECISA TER?

Se você nunca criou um site antes, pode pensar na Web como algo que existe apenas no ciberespaço. Geralmente, não pensamos em um site como algo que ocupa espaço físico. Mas sim – é necessário para funcionar.

Todo site que você encontra online está ocupando espaço de armazenamento em um servidor físico em algum lugar. Na maioria dos casos, é um servidor de propriedade de uma empresa de hospedagem na web.

Como funciona a hospedagem na web é que o proprietário do site aluga o espaço pagando mensalmente ou anualmente.

Para sites de comércio eletrônico, comprar um pouco desse espaço físico em um servidor da Web em algum lugar é o equivalente mais próximo que você tem de gastar dinheiro em uma loja física.

Mas você ficará satisfeito em saber que o custo é significativamente menor e, para uma “vitrine” acessível a pessoas de todo o mundo, não apenas em sua própria área geográfica.

1. CAPACITAÇÃO TÉCNICA

Ao fazer a contratação da hospedagem da loja virtual, o empreendedor estará assegurando que computadores especiais estarão funcionando 24 horas por dia, 7 dias por semana, disponibilizando a página para quem quiser acessar.

A cada minuto que seu site de comércio eletrônico não está funcionando corretamente, pode custar-lhe muitos lucros. Quando você tem um problema, precisa confiar que pode obter ajuda rapidamente.

Eles terão uma reputação de fornecer um serviço bom e útil. A disponibilidade não importa muito se a ajuda que você recebe é inferior. Verifique as avaliações dos clientes para diferentes fornecedores antes de decidir qual deles escolher. As pessoas são muito rápidas em compartilhar experiências ruins em suas análises para salvar outras de sofrerem o mesmo destino.

2. DISPONIBILIDADE DE PLANOS

Provedores de hospedagem de planos na web – gratuitos e pagos – para saber o que faz os melhores hosts de sites. Pela nossa experiência, acreditamos que estas são as coisas mais importantes a serem lembradas ao selecionar a sua:

VOCÊ QUASE SEMPRE RECEBE O QUE PAGOU

Se o seu site é principalmente um hobby, não importa. No entanto, como uma ferramenta comercial essencial, muitas vezes é uma economia falsa optar pelo acordo mais barato (ou gratuito) oferecido.

CUIDADO COM OS TRUQUES DE PREÇOS

A esmagadora maioria dos fornecedores de hospedagem na web oferece preços baixos no início de seus contratos, mas depois aumentam os preços após o término do período introdutório. Isso pode demorar 24, 36 ou até 60 meses após a inscrição. Sempre procure o custo total de propriedade.

3. SEGURANÇA

Quase todo mundo pode fingir ser um host real e apenas revender os produtos de outras pessoas. Então, veja quanto tempo eles estão por aí, eles têm um endereço de contato, quem os possui, eles estão fazendo promessas realistas no site, entre outros. O Google é seu amigo.

CONHEÇA SEUS LIMITES

Quão confortável você está em criar seu próprio site? Você precisa de ajuda externa para entender as inúmeras ramificações (incluindo legais e comerciais) que a publicação implica?

4. SUPORTE TÉCNICO

Para evitar perdas e frustrações, é importante ter um serviço de suporte técnico de uma empresa confiável que resolva o problema imediatamente. Dependendo da gravidade do caso, o suporte técnico pode ajudar os usuários a solucionar problemas do dispositivo, fornecendo instruções por telefone ou pode enviar um de seus agentes ao site para corrigir o problema.

O negócio principal dessas empresas de serviços de suporte técnico é colocar os dispositivos e redes em funcionamento o mais cedo possível, para que a perda seja mínima para indivíduos e empresas.

Esses serviços de suporte técnico são mais essenciais para pequenas e médias empresas do que para grandes empresas, porque podem não ter dinheiro para contratar um departamento de TI totalmente equipado.